Empresa é focada na intersecção de tecnologia, ciência de dados e saúde

A Verily é um exemplo de como a ciência e a tecnologia são poderosas no desenvolvimento da saúde. A startup atua na intersecção de tecnologia, ciência de dados e saúde com o objetivo de tornar as informações mundiais de saúde úteis para que as pessoas desfrutem de vidas mais longas e saudáveis.

História

Fonte: Mobi Health News/Reprodução

A Verily Life Sciences é uma organização de pesquisa que começou como uma divisão do Google X; em agosto de 2015, foi anunciado que ela se tornaria uma startup independente, subsidiária da Alphabet Inc.O processo de reestruturação foi completado em outubro do mesmo ano, e em dezembro a antiga Google Life Sciences ganhou o nome Verily.

O CEO da companhia é Andrew Conrad, fundador do Instituto Nacional de Genética da LabCorp. Em janeiro de 2019, a companhia recebeu um investimento de US$1 bilhão.

Atuação

Fonte: MIT Technology Review/Reprodução

A startup irmã do Google atua no desenvolvimento de ferramentas que possam coletar e organizar dados de saúde para criar intervenções e plataformas que gerem insights para que o cuidado com a saúde não seja apenas paliativo, e sim preventivo.

No desenvolvimento dos produtos, a companhia atua sob três princípios: começar pensando na experiência do usuário, simplificar o atendimento ao paciente e garantir a segurança e privacidade dos dados.

Projetos

Fonte: Google X

A Verily desenvolve projeto de duas estratégias: hardware e software. Na primeira são criados equipamentos, sensores e monitores de saúde que são implantados ou utilizados no corpo humano; na segunda são desenvolvidos algoritmos e mecanismos para identificar e curar doenças.

Conheça alguns projetos da empresa:

Lentes inteligentes

Em parceria com a Alcon, a startup está trabalhando em lentes de contato inteligentes, incluindo uma opção focada em pessoas com presbiopia (miopia relacionada à idade) e uma lente intraocular para melhorar a visão de quem sofreu cirurgia de catarata.

A empresa também tentou, em 2015, desenvolver um monitor de glicemia em lentes de contato, mas a ideia se provou inviável e eles surgiram com outra proposta: o CGM miniaturizado.

CGM miniaturizado

Em conjunto com a Dexcom, a Verily tem um projeto para desenvolver monitores de glicose contínuos em miniatura (CGM) para ajudar pessoas que sofrem de diabetes tipo 2. O objetivo é diminuir o custo e o tamanho dos componentes usados na confecção da CGM e fornecer conectividade para que os pacientes tenham mais informações sobre a própria condição de saúde.

Study Watch

Esse dispositivo médico experimental é destinado à coleta escalável e contínua de dados em estudos clínicos conduzidos pela startup e seus parceiros de pesquisa. Com a aparência de um relógio, o aparelho tem sensores para analisar dados fisiológicos e ambientais de seus usuários com o uso de WiFi e Bluetooth.

Curtiu o assunto? Saiba mais sobre inovação e diferentes tecnologias aplicadas à medicina; clique aqui.

Fonte: Verily, Gtt Healthcare.