Covid-19: os impactos e as sequelas da pandemia no Brasil

20 de outubro de 2021 3 mins. de leitura
O SUS sofreu diversos desafios durante a crise sanitária e deve passar por mudanças para alcançar a sustentabilidade

Conheça o maior e mais importante evento do setor de saúde do Brasil.

Nesta quarta-feira (20) aconteceu mais um dia de palestras do Estadão Summit Saúde 2021, evento online e gratuito que é considerado o maior do segmento. O painel central abordou um tema importante: os impactos das sequelas da covid-19 nos pacientes e no SUS.

Cristiane Segatto, repórter especial de saúde do Estadão, conduziu a conversa com especialistas de diversas áreas. Afinal, como lidar com todos os desafios trazidos pela pandemia?

Quais foram os impactos?

Sequelas vão desde dores físicas e fadiga até problemas de cunho social e emocional. (Fonte: Estadão Summit Saúde 2021/Reprodução)
Sequelas vão desde dores físicas e fadiga até problemas de cunho social e emocional. (Fonte: Estadão Summit Saúde 2021/Reprodução)

Linamara Battistella, professora de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), apresentou uma pesquisa realizada com pacientes acometidos pela covid-19. O estudo constatou que 80% deles apresentaram algum sinal de incapacitação funcional até seis meses após a alta hospitalar.

Entre os principais sintomas, estavam dores físicas e fadiga. Esses problemas, associados a contextos sociais, econômicos e financeiros, criaram uma sobrecarga sem precedentes no sistema de saúde. O cenário foi confirmado pelo professor Carlos de Carvalho, que também leciona Medicina na USP.

As prováveis soluções

Entre as soluções propostas, estão sistema de reabilitação adequado e trabalho em conjunto das equipes de saúde. (Fonte: Estadão Summit Saúde 2021/Reprodução)
Entre as soluções propostas, estão sistema de reabilitação adequado e trabalho em conjunto das equipes de saúde. (Fonte: Estadão Summit Saúde 2021/Reprodução)

É impossível definir em poucas palavras como superar as sequelas da covid-19 no País. A fisiatra Andréa Viana, do Hospital São Camilo, destacou a importância da reabilitação específica para pacientes que sofreram com os sintomas do novo coronavírus. De acordo com Carvalho, que também é diretor da Divisão de Pneumologia do Instituto do Coração (Incor), deve-se ressaltar a necessidade de as áreas trabalharem em conjunto. 

Se antes da pandemia a união entre médicos, enfermeiros e fisioterapeutas era essencial, hoje o trabalho em equipe é a única opção para garantir qualidade de vida aos pacientes.

Apesar dos grandes desafios, a palestra terminou em tom positivo diante das vitórias conquistadas até o momento contra os impactos das sequelas da covid-19 na população e no sistema de saúde.

Esse bate-papo riquíssimo e cheio de análises precisas sobre a situação de nosso país pode ser conferido na íntegra no portal do Estadão Summit Saúde 2021. Você também pode acompanhar outras palestras do evento, que é gratuito e online e acontece até 22 de outubro, tratando temas relevantes para quem se interessa pela área da Saúde. As inscrições estão abertas e são gratuitas. 

Não perca nenhuma novidade sobre a área da saúde no Brasil e no mundo. Inscreva-se em nossa newsletter.

Fonte: Estadão Summit Saúde 2021.

Este conteúdo foi útil para você?

106921cookie-checkCovid-19: os impactos e as sequelas da pandemia no Brasil