O papel e a importância da enfermagem no sistema de saúde

22 de abril de 2020 3 mins. de leitura
Os profissionais dessa área são essenciais no cuidado à saúde do paciente durante todo o tratamento
Os enfermeiros são essenciais dentro do sistema de saúde, afinal são eles que estão presentes durante todo o tratamento de pacientes: desde o momento da entrada até o de alta e muitas vezes também fora do ambiente hospitalar. Além do contato direto com enfermos, esses profissionais também fazem a “ponte de comunicação” entre outros membros da equipe hospitalar, como fisioterapeutas e médicos. Os enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem são peças-chave no enfrentamento de grandes desafios como a pandemia do novo coronavírus e na Atenção Básica a pacientes. Segundo dados de 2016 do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), só no Sistema Único de Saúde (SUS) o grupo de enfermagem é responsável por 60% a 80% das ações na Atenção Básica e 90% dos processos de saúde em geral.

A enfermagem no SUS

Dentro do sistema público de saúde, esses profissionais estão presentes em todas as ações desenvolvidas. Só na Atenção Básica, eles são mais de 200 mil, compondo as equipes de Saúde da Família, de Consultório na Rua, entre outras. Além de estar presente dentro das unidades de saúde e do ambiente hospitalar, eles identificam a situação do paciente e o direciona para o ponto de atendimento adequado, como ao Centro de Referência de Assistência Social (Cras).
A equipe de enfermagem atua em diversas áreas dentro do SUS
A equipe de enfermagem atua em diversas áreas dentro do SUS. (Fonte: Pixabay)
Outro papel importante do enfermeiro dentro do SUS é o mapeamento do território e da população para identificar as principais necessidades do local, bem como pontos de vulnerabilidade e riscos presentes. Dentro da Equipe de Saúde da Família, a área atua diretamente nas consultas, no gerenciamento do time, nas atividades de prevenção e promoção da saúde.

O papel da enfermagem na pandemia

Com a pandemia do novo coronavírus em evolução, quem trabalha na Saúde está na linha de frente no combate. Em uma coletiva de imprensa realizada no dia 17 de março, o então ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, ressaltou a importância da área e como ela é decisiva nas medidas de contenção e na preservação da saúde.
A área de enfermagem está na linha de frente no combate ao novo coronavírus
A Enfermagem está na linha de frente no combate ao novo coronavírus. (Fonte: Pexels)
Para o enfrentamento da covid-19, o Cofen constituiu um Comitê Gestor de Crise (CGC), o qual trabalhará diretamente com as unidades regionais para gerenciar possíveis crises relacionadas ao novo vírus. Em nota oficial sobre a pandemia, esse órgão destaca a atuação dos enfermeiros durante a pandemia. Ressaltando que eles, além de atuar diretamente na detecção e avaliação dos casos suspeitos, também são aqueles que estão durante 24 horas ao lado do paciente. O Cofen também enfatiza que Enfermagem é a área que constitui o maior número de profissionais atuantes na Saúde e a sua pluralidade de formação coloca-os como protagonistas no combate à transmissão do novo coronavírus. Fonte: Ministério da Saúde, Anvisa.
Gostou? Compartilhe!