Omnichannel: o que é e qual seu benefício para a área da Saúde?

6 de outubro de 2020 4 mins. de leitura
Atendimento online personalizado e investimentos em marketing digital podem impulsionar consultórios e clínicas no mercado

Segundo o Social Media Trends, 96,2% das empresas brasileiras possuem um perfil online, isso inclui o setor de saúde. Saber lidar com estratégias de marketing digital e de atendimento personalizado de clientes pode ser o primeiro passo para colocar uma clínica ou consultório em evidência.

Portanto, qual é a melhor metodologia para se destacar no e-commerce e aumentar sua clientela? Entenda como o omnichannel, ou “omnicanal”, tem revolucionado a forma como as empresas podem atender às necessidades de seu público-alvo.

O que é omnichannel?

Omnichannel integra estratégias de comunicação online e offline para atrair clientes
Omnichannel integra estratégias de comunicação online e offline para atrair clientes. (Fonte: Shutterstock)

O termo omnichannel é utilizado para denominar a estratégia de comunicação onde o usuário recebe uma experiência unificada de compra, seja por meio de plataformas online ou de forma presencial.

Isso significa criar um canal de contato com a empresa que dispõe de um atendimento personalizado. Na área da Saúde, é possível aumentar o engajamento com tópicos importantes, por exemplo o autocuidado.

Por mais que um empreendimento possua um canal de WhatsApp ou chatbot em que as pessoas recebem atendimento online e esclarecem dúvidas, a falta de integração entre essas redes pode gerar frustração no usuário e, consequentemente, desistência do serviço ao receber informações equivocadas.

Ao integrar telefone, SMS, chat e outros serviços de atendimento, as clínicas conseguem otimizar sua relação com a clientela, diminuindo custos e estabelecendo um banco de dados repleto de informações importantes sobre o sucesso do negócio.

Oportunidades de negócio

Como o omnichannel pode aumentar as oportunidades de negócio na área da Saúde? A diversidade de canais é um atrativo para uma grande quantidade de usuários, podendo alcançar uma gama de clientes com perfis completamente diferentes com o mesmo grau de qualidade no atendimento.

Essa estratégia se baseia no uso de ferramentas como a Inteligência Artificial (IA) e o machine learning. Como todo o conteúdo da comunicação fica armazenado em uma plataforma unificada, o sistema consegue absorver todas as experiências e aprimorar sua forma de atuação.

Dentro do segmento de saúde, esses canais podem também ser integrados a serviços que cruzam dados e mapeiam fatores de risco. Dessa forma, é possível acelerar o diagnóstico de alguns pacientes, mapear os principais fatores de risco e planejar medidas preventivas para o futuro.

Banco de dados integrado pode auxiliar na efetividade de diagnósticos e mapeamento de riscos
Banco de dados integrado pode auxiliar na efetividade de diagnósticos e mapeamento de riscos (Fonte: Shutterstock)

Seleção da tecnologia

A primeira etapa que cria a base para todo o restante da operação é a escolha adequada da tecnologia utilizada. Um sistema operacional falho ou que não atende a todas as expectativas da instituição só servirá para frustrar clientes e empresários. 

Certifique-se de que a empresa parceira possui os requisitos necessários para as suas demandas e transpareça confiabilidade. 

Customização para o cliente

A IA e o machine learning enriquecem a personalização do atendimento do usuário, mas esses recursos não poderão fazer “muita coisa” se o sistema não receber a orientação adequada em seus primeiros passos.

Se o público-alvo não se sentir confortável com a plataforma de atendimento, é pouco provável que ele dê prosseguimento ao procedimento. Foque em estabelecer os principais tópicos que precisam ser contemplados pelos chatbots.

Treinamento e capacitação

Por fim, toda estratégia de marketing digital passa por uma equipe de suporte trabalhando nos bastidores. Cabe às empresas fornecerem o treinamento adequado para que esses profissionais estejam qualificados e aptos a exercer todas as exigências do cargo.

Esse é o setor do negócio que funcionará como a “cara” da empresa, visto que é o primeiro canal de contato do cliente com o serviço que ele procura. Dessa forma, colaboradores capacitados ajudarão na captação de clientes e expandirão a marca de uma clínica ou consultório pelo mercado.

Confira a programação completa do maior congresso de saúde do Brasil e garanta sua inscrição.

Fontes: Saude Business, Proxis, DCX, Shutterstock.

Gostou? Compartilhe!