Certificado digital ajudará a controlar vacinação contra covid-19

21 de março de 2021 3 mins. de leitura
Logística da necessidade de vacina contra o novo coronavírus pode ser facilitada pela identidade digital

Conheça o maior e mais importante evento do setor de saúde do Brasil.

A logística para conseguir mapear as pessoas que já receberam a primeira ou a segunda dose da vacina contra a covid-19 não é uma tarefa fácil. Em um país como o Brasil, que tem mais de 210 milhões de habitantes espalhados por mais de 8 milhões de quilômetros, a ação é ainda mais complicada. 

Por conta disso, acredita-se que a melhor solução seria fugir das cartelas de papel e investir em uma identidade digital que poderia ser mais fácil de carregar e disponibilizada para autoridades de todo o mundo.

Identidade que reúna várias informações de forma digital pode ser tendência para o futuro. (Fonte: Shutterstock/Golden Sikorka/Reprodução)
Identidade que reúna várias informações de forma digital pode ser tendência para o futuro. (Fonte: Shutterstock/Golden Sikorka/Reprodução)

Quais informações estarão na identidade digital?

A identidade autossoberana poderia ser utilizada em smartphones e teria inúmeras informações, não apenas os básicos números de Cadastro de Pessoa Física (CPF) e carteira de identidade (RG). Por meio das informações disponíveis em órgãos públicos e instituições privadas nas quais a pessoa está cadastrada, seria possível reunir tudo em um só documento. Assim, a identidade traria RG, CPF, formação acadêmica, profissão e, o mais importante para o atual momento, carteira de vacinação. 

Ainda assim, a identidade digital não obrigaria informar tudo sobre a pessoa o tempo todo e para todos. Por exemplo, em um embarque no aeroporto, o titular escanearia um QR Code no guichê da empresa área e escolheria disponibilizar os dados da carteira de vacinação, informando o registro ou não da vacina contra a covid-19

A luta contra o coronavírus

O exemplo do aeroporto se encaixa na atual realidade do Brasil. Por conta da nova variante surgida em Manaus (AM) — que tem se mostrado mais contagiosa e letal —, muitos países estão fechando as portas para a entrada de voos brasileiros. 

Vacinação no Brasil está sofrendo com o desinteresse do governo federal. (Fonte: Shutterstock/Rido/Reprodução)
Vacinação no Brasil está sofrendo com o desinteresse do governo federal. (Fonte: Shutterstock/Rido/Reprodução)

A identidade digital se tornaria uma espécie de passaporte de imunidade e ajudaria os brasileiros vacinados e as nações que estão se protegendo contra a nova variante do Sars-CoV-2. De qualquer maneira, a melhor solução para o medo de espalhar a doença pelo planeta seria seguir recomendações e cuidados da Organização Mundial de Saúde (OMS) e, principalmente, acelerar o processo de imunização da população brasileira, que está sofrendo com a falta de vacinas. 

Não perca nenhuma novidade sobre a área da saúde no Brasil e no mundo. Inscreva-se em nossa newsletter.

Fonte: Medicina S/A.

Este conteúdo foi útil para você?

879414cookie-checkCertificado digital ajudará a controlar vacinação contra covid-19