Teste caseiro detecta variantes da covid-19 pela saliva

31 de agosto de 2021 4 mins. de leitura
O exame, tão preciso quanto os testes RT-PCR, gera diagnósticos em até 1 hora

Conheça o maior e mais importante evento do setor de saúde do Brasil.

Um novo dispositivo desenvolvido por engenheiros do Massachusetts Institute of Technology (MIT) e da Universidade de Harvard, ambos nos Estados Unidos, pode detectar o Sars-CoV-2 pela saliva e fornecer diagnósticos em uma hora. A ferramenta foi apresentada em um estudo publicado na revista Science Advances, no dia 6 de agosto.

Denominado Minimally instrumented SHERLOCK (miSHERLOCK), ele foi criado a partir da técnica de edição genética CRISPR. O aparelho inclui uma fita guia de RNA para detectar sequências específicas e enzimas Cas9, que as fragmentam, produzindo sinal fluorescente para indicar o resultado do exame.

Considerado tão preciso quanto os testes RT-PCR utilizados atualmente, o novo exame pode ser feito em casa, sendo menos invasivo. Outro diferencial está na sua capacidade de identificar variantes do coronavírus, como Alfa, Beta e Gama.

O miSHERLOCK pode ser manipulado por qualquer pessoa, sem maiores dificuldades. (Fonte: Devora Najjar/MIT/Reprodução)
O miSHERLOCK não exige conhecimentos técnicos para ser manipulado. (Fonte: Devora Najjar/MIT/Divulgação)

Além da facilidade de uso e do reconhecimento das mutações virais, o dispositivo é de baixo custo, podendo ser montado em uma impressora 3D por apenas US$ 15. Porém, caso haja a produção em larga escala, será possível reduzir ainda mais o seu preço.

Teste rápido e indolor

O teste caseiro de covid-19 desenvolvido pelos pesquisadores americanos começa com a coleta de saliva. Basta colocá-la na câmara de preparação da amostra, ligar o aquecedor integrado ao sistema e, na sequência, esperar até seis minutos para que o material chegue ao filtro.

Logo após, o filtro é removido e transferido para a coluna da câmara de reação. O passo seguinte envolve empurrar um êmbolo para depositar o filtro na câmara e furar um reservatório de água que ativa a reação, aguardando em torno de 55 minutos para conferir o resultado na janela colorida do dispositivo.

Um app para celular é usado para ler o resultado e transmiti-lo às autoridades. (Fonte: Wyss Institute/Divulgação)
Um app para celular é usado na leitura do resultado e pode transmiti-lo às autoridades locais. (Fonte: Wyss Institute/Divulgação)

Após a apresentação do resultado, um aplicativo desenvolvido pelos especialistas lê as informações do exame e as envia aos departamentos de saúde pública da região. Com isso, fica mais fácil efetuar o rastreamento dos testes positivos e realizar o acompanhamento dos infectados.

O miSHERLOCK foi testado em 27 pacientes com covid-19 e em outras 21 pessoas que não estavam infectadas durante a investigação. Segundo o artigo, o método obteve índice de acerto de 96% no diagnóstico dos testes positivos e eficiência de 95% na identificação dos voluntários não contaminados.

Alternativas para diagnóstico da covid-19

O período de incubação da covid-19 pode variar de 2 a 14 dias, período no qual aparecem os primeiros sinais. Entre as opções de exames para diagnóstico, vale destacar o teste rápido de antígenos swab, realizado entre o segundo e o oitavo dia de sintomas, e o teste rápido de antígenos pela saliva, feito entre o segundo e o sétimo dia após os indícios da doença.

Considerado o exame padrão-ouro para diagnóstico de covid-19, o teste molecular RT-PCR detecta material genético do Sars-CoV-2 em amostras de secreção colhidas na nasofaringe. No entanto, trata-se de um método mais caro, doloroso e que exige um tempo maior para apresentar o resultado.

Pronto para ser usado, o miSHERLOCK elimina todas essas desvantagens, segundo a equipe de pesquisa, e tem grande precisão no diagnóstico.     

Não perca nenhuma novidade sobre a área da saúde no Brasil e no mundo. Inscreva-se em nossa newsletter.

Fonte: Instituto de Tecnologia de Massachusetts, Universidade de Harvard, ScienceDaily, Science Advances.

Este conteúdo foi útil para você?

99180cookie-checkTeste caseiro detecta variantes da covid-19 pela saliva