Câncer de mama também pode atingir os homens

18 de outubro de 2019 3 mins. de leitura
Os casos da doença, apesar de raros, surgem também em pessoas do sexo masculino

O câncer de mama é a doença que mais atinge as mulheres em todo o mundo. Devido a isso, ganhou uma campanha de conscientização especial, voltada para a estimular a prevenção e o autoexame, conhecida como Outubro Rosa.

O que muita gente não sabe é que a enfermidade também pode afetar os homens — os casos representam 1% dos diagnósticos realizados no Brasil.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), em 2017 foram 16.927 óbitos decorrentes da doença, sendo 16.724 mulheres e 203 homens. Conheça neste artigo os sintomas da doença, suas causas e os meios de prevenção.

Homem tem câncer de mama?

Atualmente, um dos principais desafios é a falta de informação, já que popularmente o câncer costuma estar muito associado às mulheres. Entretanto, estudos recentes mostram que a neoplasia pode atingir os homens, que também possuem glândulas mamárias e hormônios femininos, mesmo que em pequenas quantidades.

A doença pode se desenvolver em homens com idade entre 50 a 70 anos, ou em pessoas com histórico familiar com muitos casos da doença. Por ser rara, a enfermidade nesse contexto sofre com a falta do diagnóstico precoce, fato que está diretamente relacionado à baixa propensão dos homens em se submeterem a exames preventivos.

Um dos principais motivos da falta de investigação é o preconceito, que os inibe de buscarem o acompanhamento médico de rotina.

Apesar da raridade, homens também podem ter câncer de mama (Fonte: Shutterstock)

Causas

As causas do câncer de mama em homens são similares às que levam ao aparecimento da doença em mulheres. Além do histórico familiar de câncer de mama e da mutação genética hereditária, os hábitos de vida podem ter sua parcela de influência. São eles:

  • Má alimentação e ingestão de gorduras;
  • Excesso de bebidas alcoólicas;
  • Uso de anabolizantes ou hormônios;
  • Obesidade;
  • Sedentarismo.

Sintomas

O tamanho reduzido da mama masculina possibilita que os nódulos sejam percebidos com maior facilidade. Por isso, além do acompanhamento médico, é importante ficar atento aos seguintes sintomas:

  • Surgimento de nódulo palpável na mama;
  • Aparecimento de manchas vermelhas na pele;
  • Aspecto de casca de laranja na mama;
  • Diminuição da pele ou da aréola;
  • Feridas na mama;
  • Inchaço ou nódulo na axila;
  • Secreção com sangue saindo pela papila mamária.
Exames periódicos de prevenção de câncer de mama também devem ser realizados por homens (Fonte: Shutterstock)

Tratamento

Assim como nos casos que acometem as mulheres, o tratamento do câncer de mama masculino varia de acordo com cada caso e estágio da doença; as opções são cirurgia, radioterapia, quimioterapia e hormonioterapia.

Prevenção do câncer de mama masculino

Cuidar do corpo e da saúde é essencial para evitar o aparecimento de doenças. Por esse motivo, a adoção de hábitos saudáveis pode ajudar a preservar o seu bem-estar e inibir doenças como o câncer. Confira algumas dicas de como manter a saúde em dia:

  • Pratique exercícios físicos regularmente;
  • Prefira uma dieta balanceada e rica em nutrientes;
  • Tome bastante água;
  • Não consuma bebidas alcoólicas;
  • Não fume;
  • Realize acompanhamento médico periódico;
  • Mantenha o seu peso de acordo com o padrão ideal para sua altura e estrutura física.

Fontes: INCA, A.C.Camargo Cancer Center, SBMastologia, American Cancer Society.

Gostou? Compartilhe!