Menstruação atrasada: a gravidez não é a única causa

31 de março de 2020 3 mins. de leitura
A demora pode ocasionar estresse e preocupação, mas deve ser encarada de forma natural

O atraso na menstruação causa muitas dúvidas nas mulheres. Quando o período menstrual demora alguns dias para começar, elas se sentem confusas e cheias de perguntas sobre a hipótese de estarem grávidas ou terem algo diferente no processo hormonal.

Alguns fatores, às vezes até externos, podem contribuir para os atrasos menstruais, portanto é fundamental entender a oscilação hormonal e avaliar as condições da saúde da mulher, tendo sempre em mente que cada metabolismo reage de uma maneira diferente.

O que pode causar o atraso?

(Fonte: Shutterstock)

Além da possibilidade de haver uma gestação, que nunca pode ser descartada, outras situações podem ocorrer e causar a demora ou a inexistência do fluxo: algumas condições clínicas e de saúde, estresse, variação de hormônios e consumo de bebidas alcoólicas, por exemplo.

Estresse

As preocupações do dia a dia e as situações que geram estresse costumam ser as principais causas da menstruação atrasada. Para controlar essas circunstâncias, a dica é relaxar e realizar exercícios de respiração; assim, os níveis de oxigênio se equilibram e as funções hormonais voltam ao normal.

Atividade física

Muito importante para manter o equilíbrio da saúde, a atividade física pode ser uma vilã do ciclo quando realizada de forma excessiva. É importante praticar exercícios respeitando os limites do corpo e com a orientação de profissionais da área.

Controle de peso

As mudanças repentinas na balança, sejam elas reflexos de perda ou ganho excessivo de peso, também podem ocasionar a cessação parcial da ovulação, pois atingem diretamente a produção hormonal e interferem no período menstrual.

Síndrome do Ovário Policístico (SOP)

A SOP é uma condição clínica caracterizada pelo aumento dos ovários e pela presença de vários pequenos cistos ao redor. A síndrome pode acarretar mudanças hormonais e irregularidades na menstruação. Além do atraso, pode causar outros sintomas, como acne e pelos no rosto.

Problemas de tireoide

Doenças que afetam a tireoide também podem ocasionar atraso, ausência ou mudança no fluxo da menstruação porque os hormônios produzidos pela glândula se relacionam diretamente com os ovários.

Contraceptivos

Por conta da quantidade excessiva de hormônios que são encontrados nas pílulas anticoncepcionais, podem ocorrer oscilações no ciclo menstrual, capazes de gerar atrasos, reduções ou ausência da menstruação.

Outros fatores

(Fonte: Shutterstock)

Além desses motivos, a amamentação, a menopausa e doenças já existentes, como diabetes ou cardiopatias, podem ocasionar irregularidades no ciclo menstrual, pois provocam variações nos níveis hormonais da mulher e mudanças de hábitos alimentares, influenciando todo o funcionamento do metabolismo. A menstruação atrasada é uma condição natural do organismo feminino e, na teoria, tem um padrão de regularidade, mas isso não significa que ela deverá sempre acontecer com dia e horário marcados.

Fontes: Scientific Reports, Uniica.

Gostou? Compartilhe!