Protetor solar tem substância que pode fazer mal à pele e aos corais - Summit Saúde

Protetor solar tem substância que pode fazer mal à pele e aos corais

20 de agosto de 2022 3 mins. de leitura

Pesquisa aponta que oxibenzona, presente no protetor solar, pode ser tóxica para os corais do oceano

Publicidade

Conheça o maior e mais importante evento do setor de saúde do Brasil.

Os protetores solares são importantes para a proteção da pele, porque ajudam na prevenção dos malefícios causados pelos raios ultravioleta (UV). Ainda assim, em alguns casos, o produto pode ser danoso para a pele humana e os seres marinhos.

Isso porque, entre os químicos presentes no protetor solar estão a oxibenzona e o octinoxato. Ambas as substâncias podem afetar os níveis de hormônio e causar alergias na pele.

O que é oxibenzona?

A oxibenzona tem uma função importante na composição dos protetores solares, sendo a responsável por funcionar como agente bloqueador dos raios UV. Isso porque a estrutura química da substância os absorve, evitando o contato com a pele.

Entretanto, segundo a Academia Americana de Dermatologia, quando presente de forma exacerbada na composição do protetor solar, a substância pode causar problemas para a pele humana.

O protetor solar é importante para impedir que os raios UV entrem em contato direto com a pele. (Fonte: Shutterstock/Reprodução)

Leia também:

Publicado na revista Nature, um estudo feito pela Universidade Stanford achou novos alertas para o uso da oxibenzona. Segundo a pesquisa, a substância química também pode causar danos aos corais.

Protetor solar agride os corais

De acordo com a pesquisa, quando as moléculas de oxibenzona entram em contato com um tipo de açúcar (que é gerado por anêmonas), ela deixa de proteger os organismos de raios UV.

Além disso, essa reação faz que a substância produza radicais livres, responsáveis por esbranquiçar os corais. O componente é capaz, ainda, de danificar o ácido desoxirribonucleico (DNA) dos corais, afetando seu sistema endócrino e causando deformidades.

Os corais são os principais afetados pela oxibenzona. (Fonte: Shutterstock/Reprodução)

Proibido o uso de filtro solar

Esses resultados preocupantes para a vida marinha fizeram algumas praias, como as do Havaí, Palau e Ilhas Virgens, proibir o uso de protetor solar que contenha oxibenzona. Outra medida tomada foi a convocação de um comitê com o intuito de revisar a fórmula de produtos químicos de proteção solar.

Mesmo com os alertas, alguns pesquisadores questionam o realismo do resultado do estudo da Universidade Stanford. Eles argumentam que, como a pesquisa foi fruto de um trabalho feito em ambiente controlado, os resultados podem ser variados em um ambiente maior, como o mar.

Quer saber mais? Assista aqui a opinião dos nossos parceiros especialistas em Saúde.

Fonte: Nature, Beleza na Web, Extreme UV, Blog Ciclo Orgânico

136161cookie-checkProtetor solar tem substância que pode fazer mal à pele e aos corais

Webstories