Probióticos: o que são e quais são os benefícios para a saúde?

26 de outubro de 2021 3 mins. de leitura
Conhecidos como “bactérias do bem”, auxiliam o intestino e o organismo em geral

Conheça o maior e mais importante evento do setor de saúde do Brasil.

Os probióticos são, a partir da definição da Organização Mundial da Saúde (OMS), microrganismos vivos, ou seja, bactérias que vivem no intestino humano e podem ser ingeridas na alimentação. O nome “probiótico” significa a favor da vida. Isso porque, na origem do latim, os termos são traduzidos de pro (a favor) e bios (vida).

A sua ingestão frequente promove benefícios na digestão, na absorção de nutrientes e no fortalecimento do sistema imunológico, bem como das atividades gastrointestinais. É também recomendado para combater os efeitos adversos deixados pelos antibióticos

O iogurte natural é a fonte alimentícia de probióticos mais famosa do dia a dia. (Fonte: Shutterstock/Nedim Bajramovic/Reprodução)
O iogurte natural é a fonte alimentícia de probióticos mais famosa do dia a dia. (Fonte: Shutterstock/Nedim Bajramovic/Reprodução)

Ingestão de probióticos por meio da alimentação

É possível consumir esses microrganismos vivos por meio de suplementos, que podem ser adquiridos em farmácias convencionais ou de manipulação, com o intuito de repor a microbiota intestinal. Entretanto, a maneira mais comum de ingerir essas “bactérias do bem” é através da alimentação. Sendo assim, é possível encontrá-los nos seguintes alimentos:

  • leite fermentado; 
  • iogurtes naturais;
  • kefir;
  • coalhada;
  • queijos;
  • azeitonas em conserva;
  • picles;
  • kombucha;
  • shoyu;
  • levedura natural, utilizada para fazer pães, tortas e bolos.

Alguns estudos estimam que os probióticos também estejam presentes nos sorvetes, chocolates e sucos, porém ainda não existe uma confirmação precisa sobre isso. Dessa forma, com uma dieta equilibrada e um consumo consciente dos alimentos listados, a tendência é ter uma concentração saudável dos microrganismos vivos. 

Qual a função dos probióticos?

Na questão intestinal, ele favorece a digestão de alimentos e da lactose, combate a azia, impede a proliferação de bactérias ruins no intestino, além de evitar sintomas de problemas intestinais, como a diarreia, a constipação e a prisão de ventre. 

Os probióticos são indicados para o combate de doenças intestinais, como colite, síndrome do intestino irritável, Doença de Crohn e inflamação intestinal. Além disso, auxiliam no combate ao câncer, à candidíase, vaginose, hemorroidas e infecção urinária.

De maneira geral, esses microrganismos vivos são muito importantes para manter o bom funcionamento do intestino. (Fonte: Shutterstock/metamorworks/Reprodução)
De maneira geral, esses microrganismos vivos são muito importantes para manter o bom funcionamento do intestino. (Fonte: Shutterstock/metamorworks/Reprodução)

Eles são ainda uma boa alternativa para prevenir a obesidade, o colesterol alto e a hipertensão. O consumo dos probióticos melhora a absorção de nutrientes, como a vitamina B, cálcio e ferro, além de fortalecer o sistema imunológico por aumentar a produção de macrófagos, que são células de defesa. 

E como bônus, as “bactérias do bem” podem ajudar na saúde mental, melhorando o humor, diminuindo a ansiedade e o estresse. Isso porque produzem moléculas percursoras de serotonina e estimulam a liberação de ácido gama-aminobutírico (Gaba).  

Não perca nenhuma novidade sobre a área da saúde no Brasil e no mundo. Inscreva-se em nossa newsletter.

Fonte: Tua Saúde, Essentia Pharma. 

Este conteúdo foi útil para você?

106760cookie-checkProbióticos: o que são e quais são os benefícios para a saúde?