Saiba quais são os 7 cursos mais procurados na área de Saúde

8 de janeiro de 2022 5 mins. de leitura
Quem pretende dedicar sua carreira a cuidar da saúde humana tem várias opções de curso superior, além da Medicina

Conheça o maior e mais importante evento do setor de saúde do Brasil.

Quando um jovem demonstra interesse pela área da Saúde, o primeiro curso superior que vem à mente é o de Medicina — os seis anos de graduação englobam conhecimentos de anatomia e biologia, fundamentos das especialidades médicas, além de preparação para o atendimento em saúde. Depois disso, é comum estudar mais alguns anos na especialização ou residência.

A graduação em Medicina é uma das mais concorridas na maioria das universidades, além de ter as mensalidades mais custosas. Porém, a atenção à saúde vai muito além e há diversas outras profissões importantes na área. Desse modo, quem deseja atuar com pacientes deve analisar muito bem as opções para não investir tempo e recursos em um curso que não lhe realizará profissionalmente. Dito isso, confira sete outras opções de carreira bastante procuradas na área de Saúde, além da Medicina.

1. Enfermagem

A Enfermagem trabalha perto dos pacientes, promovendo seu bem-estar. (Fonte: Shutterstock/Reprodução)
A Enfermagem trabalha perto dos pacientes, promovendo seu bem-estar. (Fonte: Shutterstock/Reprodução)

Muitas pessoas desconhecem a enorme diferença entre a Medicina e a Enfermagem — outra das profissões mais procuradas na área de Saúde. Enquanto a primeira foca o diagnóstico e tratamento de doenças, a Enfermagem se preocupa em acompanhar o bem-estar do paciente durante o tratamento. 

Na prática, uma profissão complementa a outra. Além disso, enfermeiros e enfermeiras podem passar muito mais tempo com as pessoas do que os próprios médicos. A formação pode levar entre quatro e cinco anos, incluindo matérias sobre vários aspectos do atendimento em saúde, fundamentos de anatomia e biologia, além de matérias teóricas e de gerenciamento.

2. Fisioterapia

A Fisioterapia promove reabilitação física e funcional. (Fonte: Shutterstock/Reprodução)
A Fisioterapia promove reabilitação física e funcional. (Fonte: Shutterstock/Reprodução)

Essa é uma ótima carreira para quem deseja trabalhar na reabilitação de pessoas: a Fisioterapia estuda a dinâmica e os movimentos do corpo humano, desenvolvendo terapias e técnicas para promover a capacidade física e funcional. Na prática, quem se forma em Fisioterapia pode atuar na recuperação de pessoas que sofreram acidentes, nasceram com alguma condição ou estão sofrendo com certas doenças que comprometam sua capacidade física e funcional.

Desse modo, o curso exige muitos conhecimentos sobre o corpo humano, bem como sobre as técnicas da fisioterapia — que começam a aparecer ali pelo segundo ano da grade curricular. O mercado de trabalho para esses profissionais inclui hospitais, clínicas específicas, clubes, asilos e atendimento domiciliar.

3. Terapia Ocupacional

A Terapia Ocupacional promove a reabilitação por meio de atividades cotidianas e lúdicas. (Fonte: Shutterstock/Reprodução)
A Terapia Ocupacional promove a reabilitação por meio de atividades cotidianas e lúdicas. (Fonte: Shutterstock/Reprodução)

Comumente chamada pela abreviação, a Terapia Ocupacional (TO), faz parte do mesmo conselho de classe que a Fisioterapia e é frequentemente confundida com esta. Mas há diferenças entre as duas áreas que podem influenciar na escolha do futuro profissional: enquanto a fisioterapia desenvolve exercícios e técnicas próprias, a TO trabalha com atividades do cotidiano, trabalho ou lazer para reabilitar as pessoas que buscam seus tratamentos.

4. Biomedicina

A Biomedicina faz a interface entre Biologia e Medicina. (Fonte: Shutterstock/Reprodução)
A Biomedicina faz a interface entre Biologia e Medicina. (Fonte: Shutterstock/Reprodução)

Apesar do nome semelhante, o escopo de atuação do médico e do biomédico são bastante diferentes: a Biomedicina se debruça muito mais sobre a biologia, bioquímica e microbiologia, concentrando-se nas doenças e seus tratamentos por esse viés. Em resumo, é um campo que conecta a Biologia e a Medicina.

Em vista disso, é bastante comum que biomédicos atuem em laboratórios e institutos de pesquisa — seja fazendo diagnósticos, seja desenvolvendo tratamentos. A graduação em Biomedicina costuma durar quatro anos.

5. Farmácia

A Farmácia é a ciência que estuda os medicamentos. (Fonte: Shutterstock/Reprodução)
A Farmácia é a ciência que estuda os medicamentos. (Fonte: Shutterstock/Reprodução)

As perspectivas profissionais dos estudantes de Farmácia vão muito além dos estabelecimentos comerciais de mesmo nome — incluem toda a cadeia produtiva de medicamentos, cosméticos, produtos de higiene pessoal e análises clínicas. O curso aborda muitos estudos sobre biologia e química, para entender a composição desses produtos e como eles atuam no corpo humano.

6. Nutrição

Nutricionistas promovem a saúde por meio da alimentação. (Fonte: Shutterstock/Reprodução)
Nutricionistas promovem a saúde por meio da alimentação. (Fonte: Shutterstock/Reprodução)

A nutrição promove a saúde por meio da alimentação, preocupando-se com os componentes necessários para a saúde das pessoas, com suas particularidades. Quem se forma em cursos de nutrição pode prescrever dietas individuais ou para grupos, selecionar fornecedores, bem como supervisionar o processo de preparação dos alimentos. 

Para isso, profissionais da área precisam ter bastante conhecimento do corpo humano e de suas necessidades nutricionais, além de noções sobre bioquímica e segurança alimentar. 

7. Odontologia

A Odontologia cuida de todo o sistema estomatognático. (Fonte: Shutterstock/Reprodução)
A Odontologia cuida de todo o sistema estomatognático. (Fonte: Shutterstock/Reprodução)

Em diversos aspectos, a saúde humana começa pela boca — além de um sorriso bonito, quem se forma em Odontologia zela pela conservação de todo sistema estomatognático, incluindo os dentes, mas também a cavidade bucal, ossos e tecidos da face. A dentística é apenas uma das possibilidades de atuação e só um dos assuntos estudados nesse curso. Além disso, alunos de odontologia precisam ter noções de anatomia, biologia, fisiologia e várias outras áreas.

Fonte: Amigo Edu, Quero Bolsa.

Este conteúdo foi útil para você?

113921cookie-checkSaiba quais são os 7 cursos mais procurados na área de Saúde